Porque perder peso?

sistema

Desde meados dos anos setenta, a prevalência de sobrepeso e obesidade tem aumentado acentuadamente para adultos e crianças. Os dados de duas pesquisas internacionais mostram que entre os adultos com idades entre 20-74 anos, a prevalência da obesidade aumentou de 15,0% (na pesquisa 1976-1980) para 32,9% (no levantamento 2003-2004) no mundo desenvolvido.

As duas pesquisas também mostram aumentos de sobrepeso entre crianças e adolescentes. Para crianças de 2-5 anos, a prevalência de sobrepeso aumentou de 5,0% para 13,9%; para aquelas com idade entre 6-11 anos, a prevalência aumentou de 6,5% para 18,8%; e para aqueles com idade entre 12-19 anos, a prevalência aumentou de 5,0% para 17,4%.

Estas taxas crescentes suscitam preocupações devido às suas implicações para a saúde. Tanto o sobrepeso como a obesidade aumentam o risco de muitas doenças e condições de saúde, incluindo:

• A hipertensão (pressão arterial alta)
• A osteoartrite (uma degeneração da cartilagem e do osso subjacente dentro de uma articulação)
• Dislipidemia (por exemplo, colesterol total elevado ou altos níveis de triglicéridos)
• A diabetes tipo 2
• A doença coronária
• Acidente vascular cerebral (AVC)
• Doença da vesícula biliar
• A apneia do sono e problemas respiratórios
• Alguns tipos de cancro (endometrial, de mama e de cólon)

Sobrepeso e obesidade são os dois rótulos para gamas de peso que são maiores do que o que é geralmente considerado saudável para uma dada altura. Também se usam estes termos para identificar as gramas de peso que foram mostrados para aumentar a probabilidade de certas doenças e outros problemas de saúde.

Para os adultos, os índices de sobrepeso e obesidade são determinados através do peso e da altura para calcular um número chamado “índice de massa corporal” (IMC). O IMC é utilizado porque, para a maioria das pessoas, se correlaciona com a sua quantidade de gordura corporal.

Considera-se que:

IMC inferior a 20 Abaixo do peso Normal
IMC entre 20 e 24 Peso Normal
IMC entre 25 e 29 Excesso de peso
IMC entre 30 e 35 Obesidade
IMC superior a 35 Obesidade mórbida

 

Como se calcula o IMC

Para calcular o seu IMC basta dividir o seu peso (em Kg) pela altura (em metros) ao quadrado. Isto é: Peso/altura2.

Exemplo:
IMC= 60÷1,602
IMC= 60÷2,56
IMC= 23,43 = Peso Normal

É importante lembrar que, embora o IMC se correlacione com a quantidade de gordura corporal, não mede diretamente a gordura corporal. Como resultado, algumas pessoas (como os atletas), podem ter um IMC que os identifica como sobrepeso, embora eles não tenham excesso de gordura corporal.

Outros métodos de estimativa da gordura corporal e distribuição de gordura corporal incluem medições de espessura da prega cutânea e circunferência da cintura, cálculo de rácios de circunferência da cintura-quadril e técnicas, tais como ultra som, tomografia computadorizada e ressonância magnética (MRI).

IMC é apenas um indicador de potenciais riscos para a saúde associados com o excesso de peso ou obesidade. Para avaliar a probabilidade de alguém desenvolver doenças relacionadas com sobrepeso ou obesidade, os seguintes preditores devem ser considerados:

  • Circunferência da cintura do indivíduo (porque a gordura abdominal é um preditor de risco para doenças relacionadas com a obesidade).
  • Outros fatores de risco que o indivíduo tem para doenças e condições associadas com a obesidade (por exemplo, a pressão arterial elevada ou inatividade física).